Parece que a Bimby faz tudo não é? Então também pode ter feito o meu blog, juntei umas ideias doidas, recordações, amigos e ficou assim...

20
Mai 09

Estou eu a almoçar no chiquérrimo PD (que é como quem diz Pingo Doce) quando reconheço alguém que tomava calmamente a sua refeição... uma actriz?... uma bailarina?... não, era esta querida, parece que se chama David:

 

 

E disse-lhe eu:

"Ai melher vê se te cuidas 'tá? 'Tás com mau ar, mas olha friends forever darling! kiss kiss."

Não disse nada, mas tinha sido giro lol. Já a estou a ver a chamar-me "suaaa bichaaa".

 

Moral da História:
-
Não comi o resto do bacalhau com natas.
- Nunca mais me queixo de almoçar com pessoas esquisitas (que, simplesmente não gostam de ervilhas ou de alface).
- ALERTA MÃES! Não deixem os filhos homens brincarem com as vossas roupas e afins.

publicado por alentejana* às 14:35
sinto-me: mais homem que este

02
Mar 09

Fui almoçar ao Cartuxa / M'AR de Ar Muralhas com os "papais".

 

Julgava que nunca mais seria a mesma depois daquele:

> "Magret" de Pato "rosado" lacado com Mel de Rosmaninho da Serra da Vidigueira, Pimenta Mignote , Flor de Sal, Puré de Batata Assada e Bróculos

 

E daquela:

> Tarte Fria de Frutos do Bosque com Coullis de Framboesa

 

Mas na refeição seguinte fizeram-me rejeitar o berço... deram-me choco frito. Dão-nos o mundo e depois tiram-no. Não há direito!

 

Habituava-me à vida de Vol-au-vent, Carpaccio, Cassoulet e Degustações. A partir de hoje serei milady, ou então só durante este post lol, é que custa largar a coroa :)

publicado por alentejana* às 12:07
sinto-me: milady

18
Fev 09

"Não havia necessidade eze eze" d' isto  ou mesmo d' isto 

 

Hoje também está um belo dia.

Está calor, mas está fresco.

E de manhã abri os olhos e acordei. What?!

 

Deve ser por estas e por outras que não me esforço para escrever todos os dias no blog...

publicado por alentejana* às 11:10
sinto-me: a achar pérolas

20
Jan 09

Partindo deste post aqui vão os meus:

 

1. Normalmente, quando soluço faço-o por actos isolados, que é como quem diz, só tenho um soluço.

Aplicação:

- Hic! (soluço)

- «Olha agora, só me faltava esta com soluços.»

- «Hã? Só um? Isso assim é muito melhor.»

 

2. Das raras vezes que tenho soluços, ditos normais, se me "interromperem" param.

Aplicação:

- Hic... hic... hic...

- «Então isso 'tá mau, não?»

- Estava meu amigo, estava.

 

3. Toco com o polegar (dedão, positivo ou mata-piolho) da mão esquerda no pulso esquerdo, ou da mão direita no pulso direito.

Aplicação:

- «Vê lá se consegues tocar com o polegar no pulso?»

- Sim, na verdade consigo.

- «Uau»

 

4. Dobro os dedos pela primeira falange, excepto o polegar, que a primeira falange que tem é facilmente dobrada. Talento da mão esquerda, na mão direita tenho dificuldades.

Aplicação:

- «Consegues dobrar o primeiro bocadinho do dedo?»

- Sim, na verdade consigo.

- «Uau» (pensamento: acho que estou indisposto)

 

5. Sei muitas marcas de automóveis. Mas associar os carros ou os modelos às marcas isso já deve ser o talento de outra pessoa.

Aplicação:

- «Vamos a um jogo. Dizer marcas de automóveis?»

- Então já ganhei. Há algum casino que tenha esse jogo?

 

6. Sei muitos dias de aniversários. O que não quer dizer que no dia respectivo me lembre de dar os parabéns.

Aplicação:

- «Quando é que eu faço anos?»

- Não sei, nunca me disseste. Vamos jogar a outra coisa?

 

Na verdade o que eu gostava mesmo era de conseguir mexer as orelhas! lol

publicado por alentejana* às 12:07
sinto-me: pessoa especial

29
Out 08

Porque é que têm de lamber os dedos quando estão a comer? Por amor da sra. santa, se me conhecem não façam isso à minha frente.

 

Eu realmente sou uma pessoa de poupanças, não gosto de desperdiçar, mas é mesmo preciso tirarem toda a comida que fica colada nos dedos e naquela parte entre o dedo e a unha? Sabem que é uma grande colónia de bactérias? Pela vossa saúde (e pela minha) não façam uma coisa dessas.

 

Eu percebo que no churrasco, ou a comer sardinhas, os guardanapos de papel se colem às mãos e mal durem para uma vez, mas não vale a pena aquela dança do: agora chupo o polegar, depois o indicador, o médio, o anelar e finalmente o mindinho (que é tão pequeno que nem deve ter comida nenhuma agarrada).

 

Quero lá saber dos 10 talheres trocados, de beber água no copo de vinho, de não ter o guardanapo no colo ou colocar os talheres às 17h30 em vez das 14h10. Mas lamber os dedinhos é o meu "unhas no quadro".

 

Mariquisses é verdade, mas também não tenho muitas.

publicado por alentejana* às 12:56
sinto-me: nhecs

Outubro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


mais sobre mim
pesquisar